Vamos rever com a publicação do NEJM como realizar a massagem do seio carotídeo (MSC) e conhecer seus princípios para execução de forma segura pelo cardiologista. Procedimento de fácil realização à beira leito na prática médica.

A MSC é um importante teste para detecção de hipersensibilidade do seio carotídeo, que pode ser causa de tontura e desmaio. Também é importante em unidades de emergência para diagnóstico e tratamento de arritmias como as taquicardias paroxísticas supraventriculares.

Indicações para realizar a MSC:

– Síncope em paciente acima de 40 anos
– Tratamento de taquicardia paroxística supraventricular hemodinamicamente estável
– Diagnóstico diferencial entre taquicardias de QRS estreito (ex: flutter atrial)

Contra-indicações:

– Ataque isquêmico transitório (AIT) ou AVC nos últimos 3 meses
– Estenose carotídea significativa (>70%)
– Taquicardia ventricular ou IAM recente

Equipamento necessário:

– Estetoscópio
– Monitor cardíaco ou eletrocardiograma contínuo
– Esfigmomanômetro
– Preferencialmente, tenha a disposição drogas e equimentos para atendimento de emergência.

Como realizar?

– Coloque o paciente em posição supina com a cabeça ligeiramente extendida.
– Antes de realizar o procedimento, ausculte as artérias carotídeas em ambos os lados.
– Tenha a medida da pressão arterial e eletrocardiograma logo antes da massagem.
– O seio carotídeo está localizado na altura da borda superior da cartilagem tireoidena, medial ao músculo esternocleiodomastóideo.
– Faça pressão continua com o 2° e 3° dedo sobre o seio carotídeo por 5 a 10 segundos.
– Registre o eletrocardiograma de forma contínua durante a massagem.

Como interpretar?

– Na investigação de síncope, uma pausa maior ou igual a 3 segundos ou queda maior que 50mmHg na pressão arterial sistólica definem o diagnóstico de hipersensibilidade do seio carotídeo.
– Em caso de resposta normal (queda pressórica ou hipotensão de menor intensidade), repita a massagem do outro lado e também em posição sentada ou em pé. Esta última é idealmente realizada no exame de Tilt Test.
– Quando a massagem é realizada para tratamento de taquicardias por reentrada nodal ou reentrada atrioventricular o sucesso ocorre com a reversão para ritmo sinusal.
– Em caso de flutter atrial, a massagem do seio carotídeo leva a uma lentificação na condução atrioventricular e pode desmascarar a atividade atrial típica do flutter.

Complicações:

– Dor e desconforto locais
– Tontura e desmaio
– AVC ou AIT é raro e estimado em 0,5%.
– Fibrilação atrial ou taquicardia atrial tem ocorrência extremamente rara.

Para acesso ao artigo completo: Carotid Sinus Massage

Pensando no quanto é importante manter a saúde do coração em perfeita sintonia, os acompanhamentos médicos do cardiologista Dr. Glauco Bonato fazem toda a diferença na vida do paciente. Deixe o seu coração nas mãos de quem entende do assunto. Agende sua consulta!